top of page
  • Foto do escritorLuiza Oliva

Na lavanderia de Letícia Nannetti, resgate de lembranças

Atualizado: há 4 dias

Muito artesanato mineiro, pedra sabão e funcionalidade fazem da lavanderia da CASACOR um espaço acolhedor 


O ambiente de Leticia Nannetti na CASACOR São Paulo prova que é possível nos apaixonarmos por uma lavanderia. Além de funcional, a área de serviço pode ser um ambiente aconchegante e caloroso, mostra a arquiteta mineira. No espaço “EnCantos”, ela mergulhou em referências que homenageiam suas raízes e a rica diversidade cultural do seu estado. “Nas minhas reflexões, compreendi que o futuro se fundamenta no passado. Assim, trilhei um caminho muito prazeroso de trazer as minhas origens para o espaço”, analisa.


Fotos: Rafael Renzo



Cuidado nos detalhes, como a caminha e os potinhos de água e comida do pet, mostram o capricho com o projeto da lavanderia de Letícia Nannetti.



Natural de Machado, no Sul de Minas Gerais, Letícia garimpou peças em cidades como Tiradentes, Barbacena e a Serra da Ibitipoca, onde as bordadeiras passam suas habilidades de geração em geração. Bordados, tecelagem, cerâmica, cestarias, além de bancadas em pedra sabão, marcam o espaço de 35 m². Ao lado dos elementos acolhedores e tradicionais, o tom contemporâneo aparece na marcenaria e na tecnologia dos eletrodomésticos que se integram de forma discreta. “Como resultado, o visitante perceberá o elo sutil que envolve o efusivo encanto do passado com a praticidade do presente”, avalia a arquiteta.



EnCantos evoca a naturalidade de materiais como o piso da @ceramicaportinari com as diferentes tonalidades que remetem ao tijolo, e o revestimento da parede, da @designacabamentos, que destaca a estética rústica do barro. Essas alusões ao tradicional dialogam com a marcenaria da @mareldesignmobili que delineia toda a lavanderia em suas diferentes atividades e evoca a organização dos itens dentro do olhar criterioso de Leticia.


A iluminação de LED adicionou o charme das luzes que auxiliam no trabalho, como valorizam os objetos decorativos.



Para Leticia, em uma casa a lavanderia também é um ambiente de descompressão, refúgio e conexão, tal qual em tempos atrás. Para muitos, essa ode à nostalgia também caminha com a ideia do quintal representado pelas espécies cultivadas nos grandes vasos cerâmicos. E por que não torná-la também uma sala de estar? Para incentivar a permanência e o bem-estar enquanto as roupas estão na máquina de lavar, o traço tão típico do mineiro, que é o de receber, se faz presente com o sofá acompanhado pela delicadeza das almofadas ornamentadas com os fuxicos, técnica de alinhavo de tecidos que se finaliza no formato de uma flor.





22 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page